O cenário descrito para esta técnica no artigo do OSNews me pareceu meio irreal: hibernar o computador diariamente, programando-o para acordar sozinho de madrugada, rodar scripts via cron e hibernar novamente ao final – parece que seria mais fácil rodar os scripts na hora em que seria a primeira hibernação, e deixá-los colocar o computador para hibernar ao final da execução.

Mas se o cenário não é dos mais realistas, a técnica em si pode ter sua utilidade: controlar via scripts o tempo que vai durar a hibernação certamente tem utilidade prática potencial em outros cenários. Fica, portanto o link para a dica. (via osnews.com)

BR-Linux.org

Incoming search terms: